Ano C, Ano Ímpar › 11/01/2019

 Sexta feira – Semana Epifania

Amados irmãos 
“Senhor, se queres, podes limpar-me”.
Qual é lepra dos dias atuais da qual nós precisamos nos livrar? Primeiramente precisamos esclarecer que esta lepra da época de Jesus ainda existe hoje e nós da Comunidade Missionária Divina Misericórdia somos testemunhas. Mas queremos lembrar de outros tipos de lepra que causam sofrimento nos filhos e filhas de Deus a ponto de também os segregarem.
A marginalização das estruturas atuais não tem limites e aí vemos usuários de entorpecentes, prostitutas, homossexuais, moradores de rua, Etc. serem execrados como se humanos não fossem.
Queremos pedir ao Senhor Jesus que venha curar mais do que estes irmãos marginalizados; venha Senhor curar os corações petrificados de tantos governantes e outros poderosos.
Venha Senhor Jesus curar e depois dizer: “Vai e mostra-te ao Papa, ao Bispo, ao Pastor, ao Prefeito, ao Imperador, etc… para lhes servir de testemunho”.
Um belíssimo ensinamento de Jesus nesta página da bíblia é que Ele sempre se retirava solitário para orar.
Precisamos aprender de Jesus a retirar-nos do barulho do dia a dia e no silêncio entrar em oração.
Quanta falta anda fazendo o silencio em nossas assembléias.
Na carta de João nos é dito que o Espírito, a água e o sangue; são três elementos que dão o mesmo testemunho. O batismo de Jesus nas águas do Jordão e sua morte na cruz são a prova de sua messianidade. A presença de Cristo é continuamente atualizada nos sacramentos da Igreja, particularmente na água do Batismo que nos introduz na Igreja e nos comunica a vida divina, e na Eucaristia, carne e sangue de Cristo, que é “fonte e ápice da vida cristã”. O Espírito, dom do Pai e do Filho, completa a obra de salvação: “Com o dom do Espírito, todo homem atinge, na fé, a contemplação e o gosto do mistério do plano da salvação”. Do Batismo à Eucaristia, consagrados pelo Espírito Santo que habita em nós (1 Cor 3,16), é este o nosso itinerário para a fé e o mistério de Cristo, a fim de realizar nossa santificação e dedicar-nos à salvação de nossos irmãos. O Espírito, a água e o sangue; e os três são unânimes. Se aceitarmos o testemunho dos homens, o testemunho de Deus é maior. Tal é o testemunho de Deus – pois ele Deu testemunho a respeito de seu filho. Aquele que crê no Filho de Deus tem esse testemunho dentro de si. Aquele que não crê em Deus faz dele um mentiroso, porque não crê no testemunho que Deus deu a respeito do seu Filho. E nisto consiste o testemunho: Deus nos deu a vida eterna e este vida está em seu Filho. “Quem tem o Filho, tem a vida; quem não tem o Filho, não tem a vida.”
Rezemos com o salmista: Senhor sabemos que nenhum povo recebeu tanto carinho, a nenhum outro revelastes os seus preceitos.Por isto nós gritamos Glorifica o Senhor, Jerusalém!Glorifica o Senhor toadas as gentes. Amém

Reflexão feita pelo Diácono Irmão Francisco 
Fundador da Comunidade Missionária Divina Misericórdia

Leitura: 1 João 5,5-13
Salmo: 147
Evangelho: Lucas 5,12-16

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *