Ano Ímpar › 11/11/2017

Sábado – 31ª. Semana Comum

Amados irmãos23244240_1484315501653670_7942384423273138647_n
Quem rouba um, rouba um milhão!
Este é um velho ditado popular que trago hoje para mostrar que Jesus quer nos dizer que não seremos capazes de fidelidade nas grandes coisas se nem nas pequenas somos fiéis. Há uma linda canção que diz: Se sou fiel no pouco, Ele me confiará mais!
Uma pergunta que não quer calar: Se São Lourenço disse que os bens da Igreja são os pobres e pequeninos, como é que estes estão sendo tratados? Como tratamos os pequeninos da igreja em relação aos grandes? Fazemos acepção de pessoas levando em consideração sua situação financeira ou somos coerentes entre o que celebramos e o que vivemos. Em liturgia temos uma grande lição qual seja: É preciso celebrar o que vivemos e viver o que celebramos.
Cremos que nisto consiste a fidelidade que Jesus quer de cada um de nós, ou seja, servir somente a Ele; pois nenhum servo pode servir a dois senhores: ou há de odiar a um e amar o outro; isto é quem quer servir ao dinheiro com certeza vai deixando de lado o plano de Deus. O cristão deve se servir do dinheiro para aplicá-lo nas obras do bem para que o reino de Deus aconteça e não servir ao dinheiro, tornando se escravo dele.
Aos romanos já no final de sua carta Paulo agradece aqueles que o hospedara e lhe ajudaram, exaltando a caridade. Serve de lição para nós o quanto é importante pequenos gestos de carinho, afeto e hospitalidade, em especial para com quem está longe dos seus. Não vale a deslavada desculpa de que para não esquecer nomes acaba não agradecendo ninguém.
Rezemos com o salmista: Todos os dias haverei de bendizer-vos, hei de louvar o vosso nome para sempre. Grande é o Senhor e muito digno de louvores, e ninguém pode medir sua grandeza. Amém.

Reflexão feita pelo Diácono Irmão Francisco 
Fundador da Comunidade Missionária Divina Misericórdia

Leitura: Rm 16,3-9.16.22-27
Salmo: 144
Evangelho: Lucas 16,9-15

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *