Ano C, Ano Ímpar › 10/01/2019

Quinta Feira – Semana Epifania

Amados irmãos 
“Quem é Jesus?”.
Imaginem aquele menininho que cresceu e se tornou seminarista ou padre quando volta a sua comunidade com certeza será convidado a celebrar e pregar; assim aconteceu com Jesus nesta página da bíblia. Todos estavam ansiosos para ouvir o filho do carpinteiro falar.
Jesus escolheu o livro do profeta Isaias porque sabia que o texto falava dele e se referia aquele povo. A opressão e a escravidão do seu povo era consequência do mal que havia dentro de cada homem, não só dos opressores.
Hoje somos convidados a lembrar de que quando a Palavra é proclamada em nossas comunidades é Jesus quem fala e o povo do qual ele fala não é mais o antigo Israel, mas o novo Israel, ou seja, somos nós; aquelas palavras são dirigidas para nós e nós podemos dizer em alto e bom tom: “Hoje se cumpre na minha vida esta profecia”.
Na primeira carta de João vemos que se alguém disser: “Amo a Deus, mas odeia seu irmão, é mentiroso. Porque aquele que não ama seu irmão, a quem vê, é incapaz de amar a Deus, a quem não vê”.
Portanto vamos deixar de bancar o pinóquio e assumir por vezes a dificuldade que temos de mar uns aos outros!
Quem é Jesus?
Quero me valer de um escrito cujo autor desconheço, mas que traduz um pouco do imaginário em trono de quem seja Jesus: Quem é Ele?
Em química, Ele converteu a água em vinho;
Em biologia, foi gerado sem a concepção normal;
Em física, desmentiu a lei da gravidade, quando subiu aos céus;
Em economia, Ele refutou a lei da diminuição ao alimentar 5.000 pessoas com somente dois peixes e um pão;
Em medicina, curou os enfermos e os cegos sem administrar nenhuma dose de droga;
Em história, Ele é o PRINCÍPIO e o FIM.
No governo, disse que Ele seria chamado maravilhoso, conselheiro, o Príncipe da Paz, o Rei dos Reis e Senhor dos Senhores;
Na religião, disse que ninguém vem ao Pai senão através d’Ele; Não existe religião que te conduza ao Pai. Jesus é o único caminho.
Então… Quem é Ele?
ELE É JESUS!
O melhor Homem da história: JESUS!!!
Ele não tinha escravos, e, no entanto o chamavam de Senhor;

Não tinha nenhum grau de estudo, e, no entanto o chamavam de Mestre.
Não tinha medicamentos, mas era chamado de médico.
Ele não tinha exército, mas os reis o temeram…
Ele não ganhou batalhas militares e, no entanto conquistou o mundo!
Ele não cometeu nenhum delito e, no entanto foi crucificado.
Foi enterrado numa tumba e, no entanto, ELE VIVE ATÉ HOJE!!!
Sinto-me honrado em servir a este LÍDER que nos ama.AMÉM!!!
Com certa facilidade iniciamos ou terminamos uma relação de amor. A exigência maior está em “permanecer no amor” durante uma vida inteira. Esta capacidade de “permanecer no amor” é pura graça de Deus. Como “amar uns aos outros” e permanecer neste amor exigente durante toda uma vida?
Jesus diz: “Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi”. Existe, portanto, sempre uma antecipação, uma iniciativa de Deus em tudo, até mesmo no nosso ato de amar: é sempre Deus que ama em nós. Amar é sempre iniciativa de Deus. Com isso, só é possível “permanecer no amor” ou “amar como Ele nos amou” quando: buscamos a Ele por primeiro; deixamo-nos ser tomados pelo seu Amor; e, finalmente, deixamos que Ele ame em nós.
Rezemos com o salmista: Senhor com justiça governe o vosso povo, com equidade julgue os vossos pobres. Livra-nos da violência e opressão, pois vale muito o sangue seus olhos! Rezem, bendigam e honrem o vosso nome a cada dia. Seja bendito o seu nome para sempre!Amém

Reflexão feita pelo Diácono Irmão Francisco 
Fundador da Comunidade Missionária Divina Misericórdia

Leitura: 1 João 4,19-5,4
Salmo: 72
Evangelho: Lucas 4,14-22

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *