Sem categoria › 22/07/2016

Em livro sobre Madre Teresa, Papa escreve aos jovens

RV17773_ArticoloA poucos meses de sua canonização, Madre Teresa é a protagonista de um livro que reúne dois pronunciamentos inéditos da missionária em encontros com jovens e religiosas em 1973, em Milão.

O autor do prefácio do livro é o Papa Francisco, que santificará a missionária da caridade no próximo dia 4 de setembro, no Vaticano.

Sua reflexão sobre o texto se resume em cinco palavras: oração, caridade, misericórdia, família e jovens. Dirigindo-se precisamente aos jovens, que encontrará na próxima semana na JMJ de Cracóvia, o Papa convida a serem “construtores de pontes para romper a lógica da divisão, do rechaço, do medo dos outros” e “colocarem-se a serviço dos pobres”. “Não deixem que lhes roubem o futuro”, exorta.

No livro, Madre Teresa afirma que “a doença mais grave não é a lepra ou a tuberculose, mas a solidão. Ela é a causa de desordens, divisões e guerras”.

No início do prefácio, o Papa lembra que “a Igreja não é uma ONG; as ONGs trabalham para projetos e nós trabalhamos para Alguém. A Igreja trabalha para Cristo e para os pobres nos quais Cristo vive, nos estende a mão, invoca ajuda, pede o nosso olhar misericordioso, a nossa ternura”.

“Amemos quem não é amado” está sendo publicado na Itália pela Editora Missionária Italiana (EMI), tem 96 páginas e custa 8,55 euros.

Por Rádio Vaticano

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *