Sem categoria › 26/07/2016

Brasil realiza Semana de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas

testeira_851x315px_coracao_azul_trafico_pessoasAté sábado, 30, acontece em todo o Brasil a Semana de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, que faz parte da Campanha Coração Azul. A iniciativa é mundial e é promovida pela Convenção das Nações Unidas contra o Crime Organizado Transnacional (UNTOC).

A campanha Coração Azul busca conscientizar sobre o tráfico de pessoas e inspirar políticos e governos a promover as mudanças necessárias para acabar com esse tipo de crime.

Na América Latina, o Brasil e o México já lançaram suas próprias versões nacionais da campanha. No caso do Brasil a Campanha acontece desde 2013.

Em Brasília, acontece hoje e amanhã, 26 e 27, o Simpósio Distrital da Rede de Atenção ao Migrante Refugiado e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, promovido pela Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal.

O simpósio antecede o dia 30 de julho, Dia Mundial de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, instituído pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Na ocasião haverá a apresentação de trabalhos e propostas para o enfrentamento do tráfico de pessoas e problemas que envolvem os refugiados e migrantes.

Enfrentamento ao tráfico de pessoas no Distrito Federal

Para mobilizar esforços no combate e na prevenção do tráfico de pessoas, Brasília conta com o Comitê Distrital de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas. O colegiado é coordenado pela Secretaria de Justiça e Cidadania, por meio da Diretoria de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e Apoio ao Migrante Refugiado, vinculada à Subsecretaria de Políticas para Justiça e Cidadania e Prevenção ao Uso de Drogas.

O tráfico de pessoas engloba a exploração sexual, ao aliciamento para o trabalho escravo e à venda de órgãos, entre outros abusos contra os direitos humanos.

Campanha mundial Coração Azul

A campanha Coração Azul busca encorajar a participação em massa e servir de inspiração para medidas que ajudem a acabar com o tráfico de pessoas. O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime criou a campanha mundial Coração Azul (Blue Heart Campaign, em inglês) que teve seu lançamento em março de 2009, em Viena, na Áustria.

A cor azul representa a tristeza das vítimas do tráfico de pessoas e quer lembrar a insensibilidade daqueles que compram e vendem outros seres humanos. O uso dessa cor das Nações Unidas também demonstra o compromisso da instituição com a luta contra esse crime que atenta contra a dignidade humana e que fere princípios de direitos humanos consagrados em inúmeros documentos internacionais ratificados por vários países.

Para mais informação sobre a campanha Coração Azul, escreva para:

United Nations Office on Drugs and Crime
PO Box 500, 1400 Vienna, Austria
E-mail: blueheart@unodc.org

Por Canção Nova, com Arquidiocese de Brasília

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *