Highslide for Wordpress Plugin
Ano C › 03/12/2018

Segunda Feira – 1ª. Semana do Advento

Amados irmãos e irmãs 
Se apresente diante de Jesus sem elencar seus feitos e vantagens!
Um centurião, pessoa importante e com centenas subordinados a sua disposição se aproxima de Jesus e o chama de Senhor.
Ele poderia usar de soberba e autoritarismo.
Poderia ser alguém que quisesse subjugar Jesus, mas o reconhece como Senhor. Quanta humildade num gesto tão simples. Diante de tanta humildade o coração de Jesus não resiste e Ele não pergunta nada ao centurião, Ele na se preocupa em saber se era um dos seus, se tinha fé, se iria segui-lo. Jesus simplesmente diz Eu curarei teu servo. Diante desta afirmação mais uma vez o centurião demonstra sua fé ao dizer para o mestre que não precisava ir até sua casa, mas bastava dizer uma palavra de onde estava que a cura aconteceria e por isto Jesus se admirou de tamanha fé.
Quantos de nós que estamos dentro da Igreja, engajados em pastorais e movimentos que muitas vezes duvidamos do poder de Deus e às vezes até nos envergonhamos ao ver tamanha fé daqueles que às vezes se quer cristãos católicos são.
Cristãos católicos que não pedem orações para os outros quando passam por dificuldades será que não acredita no poder da oração.
Não sai de dentro da Igreja, mas se falece alguém da família não convida o ministro da Igreja.
Todas as vezes que nos aproximarmos de Jesus para orar devemos ser como o centurião, ou seja, assumir nossa pequenez e indignidade. Às vezes fico a pensar naquele tipo de oração onde já se chega enumerando qualidades do tipo : Meu Deus o Senhor sabe que sempre vou a missa,sempre dei esmolas,nunca falei mal dos outros,sempre ajudo o padre em tudo etc.;portanto agora sei que o Senhor não vai falhar comigo.
Rezemos com o salmista: Senhor Deus e Pai fazei com que nosso coração se alegre ao nos dirigirmos a vossa Casa e que lá possamos dizer Senhor eu não sou digno, mas eis me aqui para fazer tua vontade. Amém
Reflexão feita pelo DiáconoIrmão Francisco
Fundador da Comunidade Missionária Divina Misericórdia
Leitura: Isaías 2,1-5
Salmo 122
Evangelho: Mateus 8,5-11

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *