Highslide for Wordpress Plugin
Ano Par › 15/02/2018

Quinta Feira após as Cinzas

Quaresma27073097_1569867806431772_6186387556501922338_n

Amados irmãos e irmãs

Não existe ressurreição sem Cruz; caso contrário iríamos direto para a páscoa sem necessidade de quaresma! “Se alguém quer vir após mim, renegue-se a si mesmo, tome cada dia a sua cruz e siga-me”. Este é o mandamento de Jesus para nós nos dias de hoje e isto porque está na moda a pregação em nossas comunidades de um Cristo sem Cruz, estão inventando outro caminho para a ressurreição que não é o da cruz e da humilhação. Não temos nada contra a imagem do ressuscitado, mas não julgamos oportuno substituir o crucificado de nossas Igrejas; soa como se estivéssemos querendo esconder a Cruz por vergonha ou por opiniões de outros que nada tem a ver com catolicismo. Por estas e outras está entrando com muita força em nossas comunidades a figura de um “Cristo Light” com sua teologia da prosperidade e está mais parece erva daninha que temos que combater para que a Igreja não se torne meio de vida fácil onde se busca o prazer de maneira desenfreada, onde o hedonismo, consumismo e o dinheiro se tornam verdadeiros deuses. Neste Evangelho Jesus previne os discípulos e a nós contra o escândalo da paixão e morte de Jesus, nos encoraja a não desanimar diante da paixão e morte, mas permanecer firmes com o Senhor até o fim, para experimentarmos a alegria e a força da sua ressurreição. Por fim lembrem-se de que quem verdadeiramente assume a Cruz torna-se motivo de contradição e consequentemente vai ser perseguido e incompreendido até pelos seus. O livro do Deuteronômio nos diz: “Olha que hoje ponho diante de ti a vida com o bem, e a morte com o mal. ponho diante de ti a vida e a morte, a bênção e a maldição. Escolhe, pois, a vida, para que vivas com a tua posteridade, amando o Senhor, teu Deus, obedecendo à sua voz e permanecendo unido a ele”. Concluindo diríamos que estes versículos do Primeiro Testamento completam perfeitamente o mandamento de Jesus, ou seja, diante de nós está a Cruz que é vergonha e humilhação, mas certeza de ressurreição e cabe somente a nós fazer a escolha certa.

Rezemos com o Salmista: É feliz quem a Deus se confia! Feliz é todo aquele que não anda conforme os conselhos dos perversos; que não entra no caminho dos malvados nem junto aos zombadores vai sentar-se; mas encontra seu prazer na lei de Deus e a medita, dia e noite, sem cessar. Amém.

Reflexão feita pelo Diácono Irmão Francisco 
Fundador da Comunidade Missionária Divina Misericórdia

Leitura: Deuteronômio 30,15-20
Salmo: 1
Evangelho: Lucas 9,22-25

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *