Highslide for Wordpress Plugin
Ano Ímpar › 24/01/2019

Quinta feira – 2ª. Semana comum

Amados irmãos e irmãs 
“O que podemos ganhar com isso”.
Certamente esta é uma pergunta que aos olhos do mundo qualquer um faria se visse a fama de Jesus e o fato de até os adversários se renderem a Ele; pois o Evangelho nos diz que quando os espíritos imundos o viam, prostravam-se diante dele e gritavam: Tu és o Filho de Deus!
Como é comum em nossos dias ao ver qualquer ação bem sucedida em nossas comunidades vir alguém querer tirar proveito financeiro; isto é querer demonstrar o quanto a paróquia pode lucrar com a manutenção e incrementação de tal atividade. São peripécias mil e jogadas de marketing que às vezes envergonham até os mais simples.
Na época de Jesus embora alguns dos discípulos pudessem pensar assim ao dizer: “O que podemos ganhar com isso”; Jesus pensava completamente diferente uma vez que não queria ter admiradores , curiosos, fanáticos ou alienados a lhe seguir e muito menos lhe passava pela cabeça a questão financeira.
Jesus não era e não é o Filho de Deus por que cura e realiza prodígios atraindo multidões, mas sim porque quer salvar os homens.
Nos dias atuais devemos tomar cuidado pois a euforia, geralmente nos leva somente a um Cristo glorioso e nos afasta do Cristo sofredor e da cruz.
Na época de Jesus muita gente era atraída àquela região; assim como hoje também muita gente de todos os cantos do mundo viaja até aquela região. Tanto naquela época quanto hoje muitos vão por causa da fé, em busca deste encontro pessoal com Jesus; mas também muitos vão por curiosidade ou para estudar.
Na carta aos hebreus vemos que o ponto essencial é este: temos um Sumo Sacerdote, que está sentado à direita do trono da Majestade divina nos céus, Ministro do santuário e do verdadeiro tabernáculo, erigido pelo Senhor, e não por homens. Ele não mais oferece sacrifícios porque Ele é o próprio sacrifício santo e agradável oferecido a Deus.
Rezemos com o Salmista: Com prazer faço a vossa vontade, guardo em meu coração vossa lei! Todo ser que vos busca, Senhor! Digam sempre: “É grande o Senhor”! Os que buscam em vós seu auxílio. Amém.

Reflexão feita pelo Diácono Irmão Francisco 
Fundador da Comunidade Missionária Divina Misericórdia

Leitura: Hebreus 7,25-8,6
Salmo: 40
Evangelho: Marcos 3,7-12

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *