Highslide for Wordpress Plugin
Ano Par › 23/11/2016

Quarta Feira – 34ª. Semana Comum

15094942_1136146729803884_7831188797968841663_nAmados irmãos e irmãs
SEREIS ODIADOS POR TODOS POR CAUSA DO MEU NOME!
É forte, preocupante, mas ao mesmo tempo consoladora a afirmação e Jesus de irão nos odiar por causa do seu nome. É consoladora porque logo a seguir Ele diz: “Entretanto, não se perderá um só cabelo da vossa cabeça. É pela vossa constância que alcançareis a vossa salvação”.
Constancia quer dizer perseverança nos sofrimentos e perseguições.
Aqui na comunidade costumamos dizer que se todos estão a seu favor com certeza algo não está correto, pois a unanimidade além, de burra é sinal de conveniência.
Pode ter certeza que nos dias de hoje ninguém vai te perseguir ou te odiar porque você jejua, reza o terço e vai à missa todos os dias.
Mas se você, além disso, começar a ter aqui no mundo atitudes de cristão aí sim pode se preparar, como por exemplo, se você for virgem e defender a virgindade antes do casamento; se você for contra a distribuição desenfreada de preservativos, inclusive para crianças de dez anos, se você se posicionar contra a corrupção, se você defender a causa dos índios, dos negros, dos presidiários e de outros marginalizados. Se você se posicionar contra o aborto, a pena de morte e o casamento de pessoas do mesmo sexo.
O verdadeiro discípulo missionário é perseverante e não fica a meio caminho, nem se deixa vencer pelo desânimo ou cansaço, ele vai até as últimas consequências.
Alegria na perseguição. A missão desempenhada por cada um de nós nos enche de alegria pelo convívio fraterno, pela comunicação com os irmãos, pela solidariedade que leva os pobres e humildes a sorrirem e a terem esperança.
E a alegria maior é saber que Cristo está conosco e que se alegra conosco. Ver Cristo no rosto do pobre e do sofredor e fazer Cristo rir…
No livro do Apocalipse Lemos: Quem não temerá Senhor, e não glorificará o teu nome? A palavra temor aqui e em outros lugares empregada em nosso relacionamento com Deus não quer dizer medo, mas sim respeito.
Rezemos com o salmista: Deus e Pai vós que sois o Senhor que nos fez conhecer a salvação, e, às nações, sua justiça. Nos vos pedimos que diante das perseguições nos dê sabedoria e coragem para perseverar sempre no vosso caminho. Amem

Reflexão feita pelo diácono Irmão Francisco
Fundador da Comunidade Missionária Divina Misericórdia

Leitura: Apocalipse 15,1-4
Salmo: 98
Evangelho: Lucas 21,12-19

Imprimir

Deixe uma resposta