Highslide for Wordpress Plugin
Ano B, Santoral › 24/12/2017

Natal do Senhor – Missa da noite

Amados irmãos e irmãs24993155_1522397724512114_8403488423317939515_n
Deus não usou holofotes e nem marketing para anunciar o nascimento de seu filho.
Onde Jesus nasceu? Na manjedoura, na gruta ou num cocho. É difícil de precisar com exatidão, mas o importante é que se quer mostrar a simplicidade do lugar. É o despojamento do próprio Deus. No natal nasce o pobre Jesus em meio aos pobres; não é no palácio. Também foram os pobres pastores tão discriminados que souberam por primeiro e foram adorá-lo.
Aqui fica uma grande lição para tantos quantos hoje dentro da Igreja procuram os holofotes ao invés de Jesus; para estes a presbitério há muito tempo passou a se chamar palco e a missa não passa de um show onde eles são artistas principais. Como seria um presépio nestas circunstâncias? Deem asas a sua imaginação e veja como ficará.
Deus usou a fraqueza para manifestar a sua força. A salvação está na pobreza, no despojamento, na simplicidade da vida. Que a nossa pobreza seja o espaço para Deus nascer. Jesus só vai nascer em nosso coração se soubermos transformá-lo em manjedoura.
Muitos criticam o natal como época de falsidades e ilusões, mas para nós cristãos é a época onde a verdade nasce em Belém e esta verdade faz amolecer até os corações incrédulos; pois até quem não acredita em Jesus nesta ocasião se sente tocado nos gestos de solidariedade para com os preferidos de Jesus, ou seja, os pobres.
Lembro aqui dos pobres e moradores de rua que a Comunidade Missionária Divina Misericórdia atende; eles são os que não encontram hospedaria e por vezes dormem nos bancos das praças ou embaixo de pontes e viadutos fazendo daquele lugar as novas manjedouras onde repousa Jesus.
Isaías nos diz: “O povo, que andava na escuridão, viu uma grande luz; para os que habitavam nas sombras da morte, uma luz resplandeceu”.
Amados no Senhor está luz é para nós o grande sinal de nossa salvação. Se hoje estamos em meio às trevas de tanta indiferença do mundo para com Deus saibamos que as sombras da morte serão derrotadas pela luz resplandecente.
Escrevendo a Tito Paulo diz que: “A graça de Deus se manifestou trazendo salvação para todos os homens. Ela nos ensina a abandonar a impiedade e as paixões mundanas e a viver neste mundo com equilíbrio, justiça e piedade”.
Rezemos com o salmista: O céu se rejubile e exulte a terra, aplauda o mar com o que vive em suas águas; os campos com seus frutos rejubilem e exultem as florestas e as matas; pois eis a grande notícia: Hoje nasceu para nós o Salvador, que é Cristo, o Senhor. Amém

Reflexão feita pelo diácono Irmão Francisco 
Fundador da Comunidade Missionária Divina Misericórdia

1ª. Leitura: 1ª. Leitura – Is 9, 1-6
Salmo: 96
2ª. Leitura: Tt 2,11-14
Evangelho: Lc 2, 1-14

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *