Highslide for Wordpress Plugin
Liturgia diária › 14/02/2018

4ª Feira de Cinzas

Amados irmãos e irmãs.27067883_1569851043100115_2223069776321439271_n

Iniciamos hoje a quaresma e com ela um tempo forte de conversão. Somos chamados aos atos de piedade: esmola, oração e jejum. Mas devemos tomar muito cuidado para não cair na tentação de querer aparecer ou se mostrar mais santo e piedoso que os outros; lembre-nos de que nossa Igreja não precisa de pessoas que vivem de aparências, mas sim precisamos de pessoas comprometidas e que deem testemunho da verdade. É tempo de conversão mediante a penitência, oração, esmola e jejum.
O cristão não deve confundir penitência com sofrimento, com dor ou tristeza. Para o cristão a penitência deve ser encarada como um exercício, um treinamento com a finalidade de nos ensinar a dominar-nossos impulsos que podem nos afastar de Deus. A penitência tem suas exigências e privações, exige muito esforço que pode nos fazer desistir.
No Evangelho Jesus nos chama para a sincera relação com Deus e com o próximo. Tudo aquilo que fizermos é para Deus ou para o próximo e não para mostrar aos outros, isto é a sinceridade que nos é solicitada.
Qual a diferença do Jejum e da abstinência?
O jejum pode ser de diversas formas, ou seja, temos o jejum da Igreja onde você só vai fazer as refeições principais (café da manhã, almoço e jantar), mas tudo com moderação; nos intervalos não se come absolutamente nada. Temos o jejum a pão e água onde só se bebe água e só se come pão. Temos o jejum absoluto onde o penitente não come absolutamente nada. Tem pessoa que jejua apenas meio dia ou até às 15 horas.
A abstinência como o nome já diz significa abster-se de algo e, por exemplo, posso fazer abstinência de carne durante a quaresma toda ou as sextas feiras da quaresma, etc. A Igreja manda que se faça abstinência de carne em apenas dois dias do ano e estes dias são justamente a abertura e o encerramento da quaresma; isto é, na quarta feira de cinzas e na sexta feira da paixão. A abstinência não precisa ser só de carne, mas pode ser de chocolate, bebida alcoólica, refrigerante, etc.
A Oração é de suma importância neste processo, ou seja, Jejum sem oração é regime para emagrecer e fazer abstinência de carne sem oração pode dar a entender que você se tornou vegetariano. Por fim a caridade que é o amor em relação ao irmão que nos leva a aproximar, olhar e socorrê-lo em todas as necessidades.
A Profecia de Joel diz: “Rasgai vossos corações e não vossas vestes”. Isto quer dizer que precisamos aproveitar a ocasião para abrir nossos corações à graça de Deus.
Na segunda carta aos coríntios o apóstolo Paulo nos diz: “Reconciliai-vos com Deus! Agora é o tempo favorável, agora é o dia da salvação”. Não percamos a oportunidade; pois é o Senhor que está a nos falar para que agarremos esta oportunidade por Ele oferecida. O tempo é agora, o tempo chegou e tudo está ao nosso favor!
Antigamente costumávamos dizer que no tempo da quaresma o coração do nosso Deus se torna muito mais misericordioso do que já o é normalmente.
Hoje a Igreja inicia a CF com o tema: FRATERNIDADE E SUPERAÇÃO DA VIOLÊNCIA e o lema: “Vós sois todos irmãos” (Mt 23,8)
O texto base traz dados assustadores; mas um deles vale destacar: Apesar de possuir menos de 3% da população mundial, o Brasil responde por 13% dos assassinatos do planeta. Em 2014 foram 59.627 mortes. Não existe guerra que mate mais!
01 – A CULTURA DA VIOLÊNCIA (programas de TV e redes sociais)
03 – A VIOLÊNCIA E A AUSÊNCIA DO ESTADO
04 – VIOLÊNCIA E SISTEMA PENITENCIÁRIO
05 – VIOLÊNCIA E SISTEMA POLICIAL:
06 – VIOLÊNCIA E NARCOTRÁFICO
07 – VIOLÊNCIA E RELIGIÃO E VIOLÊNCIA:
08 – VIOLÊNCIA E TRÂNSITO:
AS VÍTIMAS DA VIOLÊNCIA NO BRASIL:
– VIOLÊNCIA RACIAL
– VIOLÊNCIA CONTRA OS JOVENS
– VIOLÊNCIA CONTRA MULHERES
– VIOLÊNCIA DOMÉSTICA:
– VIOLÊNCIA CONTRA OS POBRES
– VIOLÊNCIA CONTRA OS TRABALHADORES RURAIS E POVOS TRADICIONAIS

Rezemos com o Salmista: Criai em mim um coração que seja puro, dai-me de novo um espírito decidido. Ó Senhor, não me afasteis de vossa face nem retireis de mim o vosso Santo Espírito! Dai-me de novo a alegria de ser salvo e confirmai-me com espírito generoso! Abri meus lábios, ó Senhor, para cantar, e minha boca anunciará vosso louvor!

Reflexão feita pelo Diácono Irmão Francisco 
Fundador da Comunidade Missionária Divina Misericórdia

1ª. Leitura: Joel 2,12-18
Salmo: 51 
2ª. Leitura: 2Cor 5,20-21.6,1-2
Evangelho: Mateus 6,1-6.16-18

Imprimir