Highslide for Wordpress Plugin
Notícias Gerais › 30/05/2016

Bento XVI pode participar de uma celebração pública em junho

papa-bento-xvi-papa-emeritoO Arcebispo Georg Gaenswein, Prefeito da Casa Pontifícia e secretário privado de Bento XVI, anunciou no dia 20 de maio a possibilidade de que o Papa emérito possa realizar uma aparição pública no próximo 29 de junho. O prelado realizou esta afirmação durante o lançamento de um livro dedicado ao pontificado do Papa alemão, segundo reportou o informativo norte-americano Crux.

“Bento XVI celebrará o aniversário de número 65 de seu sacerdócio em 29 de junho e veremos o que podemos organizar”, explicou o Prefeito. “isto pode apresentar uma oportunidade para mostrar que Bento XVI está bem”, Neste dia, a Igreja comemora também o martírio de São Pedro e São Paulo, que são os Padroeiros da cidade de Roma. Para esse dia se programa uma Missa presidida pelo Papa Francisco na Basílica de São Pedro, a qual acudirão os Arcebispos metropolitanos recentemente criados e que receberão o Pálio das mãos do Pontífice.

O Papa emérito participou nos dois Consistórios de criação de Cardeais, em fevereiro de 2014 e 2015, assim como no Festival dos Avós, organizado no Vaticano em setembro de 2014. Da mesma maneira concelebrou a Missa de Canonização de São João Paulo II e São João XXIII em abril de 2014 e a Beatificação de Paulo VI no dia 19 de outubro de 2015. No início do Ano Santo da Misericórdia, Bento XVI foi o primeiro peregrino a passar através da Porta Santa da Basílica de São Pedro.

O hoje Papa emérito recordou o momento de sua ordenação sacerdotal, realizada no dia 29 de junho de 1951, em sua visita à Catedral de Santa Maria e São Corbiniano em Freising, Alemanha no dia 14 de setembro de 2006. “Aqui estive prostrado, envolto pela ladainha dos Santos, pela intercessão de todos os Santos. Me dei conta de que neste caminho não estamos sozinhos, que a grande multidão dos santos caminha conosco, os fiéis de hoje e de amanhã, nos sustentam e caminham conosco”, expressou. Bento XVI recordou a imposição de mãos por parte do Cardeal Faulhaber. “Nesse momento, experimentei minha ordenação sacerdotal como uma iniciação na comunidade dos amigos de Jesus, chamados a estar com Ele e proclamar sua mensagem”.

Por Gaudium Press

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *